.: valências | serviço de apoio domiciliário

Nos finais de 2001 surgiu a hipótese, de se conseguirem fundos para pôr em funcionamento um Serviço de Apoio Domiciliário (S.A.D.) através do Projecto de Luta Contra a Pobreza (P.L.C.P.). A Direcção agarrou esta oportunidade com todo o empenho uma vez que tinha sido este um dos principais objectivos da fundação da Associação em 1996.

Durante vários meses a Direcção e as técnicas do Projecto, a Dr.ª Cristina e a Dr.ª Helena, colaboraram intensamente para que o S.A.D fosse uma realidade. Havia necessidade de encontrar umas instalações uma vez que a Associação não tinha sede própria. Foi então que a Junta de Freguesia disponibilizou uma parte das suas instalações para serem adaptadas e acolherem o S.A.D.. Fizeram-se as obras necessárias e foi-se adquirindo o equipamento de cozinha e lavandaria, bem como uma viatura de 9 lugares. Todos estes investimentos foram comparticipados a 100% pelo P.L.C.P.. Paralelamente foi também sendo feito o recrutamento do pessoal necessário.

Finalmente, a 15 de Julho de 2002 tudo estava preparado e o S.A.D. entrou em funcionamento e foram aceites os primeiros utentes.

Nesta fase as despesas de funcionamento eram suportadas pelas mensalidades dos utentes e pela comparticipação do P.L.C.P., sendo as despesas com as instalações (electricidade, água, etc.) suportadas pela Junta de Freguesia de Almoster.

Em Setembro de 2004 deu-se mais um importante passo na consolidação deste valência, que foi a celebração do Acordo de Cooperação com o Centro Distrital de Segurança Social de Leiria. Este acordo veio substituir a comparticipação (temporária) do P.L.C.P. e deu uma maior estabilidade à Instituição.

Desde então e até hoje o S.A.D. tem vindo a funcionar de modo regular, tentando manter e melhorar no que for possível os serviços prestados.



Durante o ano de 2007 e início de 2008 deu-se um aumento significativo do número de utentes que, conjugado com algumas alterações ao nível da legislação, implicou algum investimento em equipamento, do qual se destaca a aquisição de uma nova viatura para o transporte de refeições e alterações estruturais na zona da cozinha.



Neste momento o S.A.D. mantém um quadro de pessoal composto pelos seguintes elementos:

  • 1 Técnica Superior de Serviço Social (a meio tempo);
  • 1 Cozinheira;
  • 1 Auxiliar de Serviços Gerais;
  • 3 Ajudantes Familiares.

Desde Junho de 2006 o S.A.D. tem como Directora Técnica a Dr.ª Carla Simões.

O S.A.D. continua a funcionar nas instalações gentilmente cedidas pela Junta de Freguesia, situação que será alterada com a construção do edifício sede da Associação, que albergará para além do S.A.D. a nova valência de Centro de Dia (candidatura ao programa PARES) .

As instalações actuais têm capacidade para prestar apoio a 42 utentes.

Neste momento o S.A.D. apoia 21 utentes, embora o Acordo de Cooperação com a Segurança Social abranja apenas 14. Dadas as grandes necessidades da freguesia, a Direcção decidiu assumir os custos dos restantes enquanto não se conseguir o aumento do referido acordo.

imprimir voltar topo